De que adianta a tecnologia se a metodologia se mantém?

De que adianta a tecnologia se a metodologia se mantém?

Encontrei esse vídeo no Blog “Me Acharam” e decidi levantar o questionamento.

Apesar de parecer cômica, a situação é bastante comum e inspira cuidados. Hoje existem diversos projetos educacionais que vislumbram a utilização de tecnologia no apoio ao processo de ensino e aprendizagem em todos os níveis educacionais, que incluem a utilização de laptops especificamente projetados para esse fim, a adoção de um LMS, a utilização de multimídia ou simplesmente a disponibilização de um laboratório de informática para pesquisa na Internet.

O problema é que parece não haver a devida preocupação com o desenvolvimento de novas metodologias de ensino que vislumbrem a utilização de tais recursos, afim de extrair deles o máximo proveito.

O que pensar desse tipo de situação? Quais as soluções?

Marcelo Minholi

Marcelo Minholi, atua/atuou como professor, analista de sistemas, programador, desenvolvedor web, administrador de redes e consultor técnico. Graduado em Ciência da Computação, especialista em Ciência da Computação e mestre em Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação.

2 Comentários

Terramel Publicado em12:59 pm - jul 6, 2008

Cara! EXCELENTE! Terrinha adorou 😉

Muito bom mesmo o vídeo e realmente é essa a realidade 😀

Abraços

do Terrinha

Maycon Publicado em10:54 am - jul 7, 2008

é meu caro, é por ai mesmo.. avança de um lado e se mantem por outro 🙁

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.